Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

23
Fev13

O Gullit, o twitter, e eu

Pi

Foi assim: ao sábado de manhã apanho sempre twitts do Ruud Gullit - siiiim, o Gullit! - e se eu nunca deixei de ser adolescente em muita coisa, com o Milan do Gullit tenho definitivamente 15 anos, espero o resumo alargado do calcio ao domingo à tarde, sem saber se me vai sair Maldini, Zenga, Pagliuca ou Benarrivo, mas agradeço seja qual for, e vejo mais tarde os highlights no Domingo Desportivo.  

 

Adiante, o Gullit aos sábados de manhã, pois. Hoje vi-o e entrei-lhe timeline dentro a ler os twitts dos últimos dias. Estavam lá, do dia do Milan - Barcelona, umas celebrações dos dois golos, uns forza Milan. aaaaawe... ele também ainda gosta do Milan. 

 

Ora o Gullit também é o da Holanda de 88 e aquela camisola horrenda - lamento, não consegui gostar nunca, e sempre que vejo van Basten celebrar de braço no ar tenho pena que seja essa a camisola - que a Adidas se lembrou de inventar (a Alemanha teve o alternativo semelhante mas em verde, péssimo também). Malditos anos 80, a Adidas (e o mundo dos padrões em geral) enlouqueceu.

E hoje - hoje! em 2013! - leio nos twitts do próprio: 

 

❤ é a oficialização da coisa na primeira pessoa. Gotta luv twitter. 

09
Fev13

Do ginásio. Regresso ao Futuro

Pi
(Sem acentos graves porque não tenho no BB e este post tinha de sair agora. Não tinha mas eu quis que sim)

Fui aos 10 anos para a ginástica rítmica. Nada de competições, era tarde para isso. Eu queria era saltitar com fitas e arcos e fi-lo em grupo pelo pais. As besuguinhas, eramos nós. Depois a minha professora foi para o Benfica e a classe desfez-se.
Comecei a andar pelas aerobicas, steps e localizadas até a faculdade. Depois disso só voltei a um ginásio por 2003, mas não durou muito. Retomei uns anos mais tarde e voltei a parar até agora que, quero crer, é para manter.
Isto é um post a mim, se pudesse falar com a eu de 15 anos.

"Querida tu (eu)

Agora os ginásios são diferentes. Mais que isso chamam-lhes health clubs e trata-se um pouco disso mesmo.
Usam-se os balneários e não é só para trocar os tenis por sapatilhas ou pontas tomam-se banhos, secam-se cabelos, aplicam-se cremes. Os ginásios são melhores, mas também há gente a circular de todas as maneiras no balneário, abstrai.
Sabes quando vês quem agarre o calcanhar em vez do peito do pé nos alongamentos? Vais estar assim, lamento. Há esperança, podes voltar ao antes, mas uma ou outra aula ainda o farás assim.
Pasma: ainda tens bastante flexibilidade, mas esquece definitivamente a perna esquerda a frente numa espargata, mantém a direita. Tudo ok com as mãos ao chão e a cabeça no joelho com as costas direitas. Já não é mau.
Há pessoas de todas as idades, gostos e géneros. Há aulas para todos. Ao molho e fé em Deus. Vais quase enlouquecer quando as pessoas não sabem colocar-se em xadrez para optimizar o espaço na aula. Vais ficar azul com as pessoas que guardam lugar para outra que nunca mais chega numa aula. Inspira.
Vais nunca perceber a descoordenação das pessoas, nisso não terás problemas. Vais querer fazer tudo o que são aulas de danças e saltos. Não serás tough a dançar como imaginas que podes ser. Mas não desistas!
Trabalha o fôlego. Respira. Vai correr mais vezes. Eu sei que não vais, mas fica dito.
Há mais instrutores como o Rui, descansa. Há opções para quem inicia as aulas e vais achar que para ti são só mesmo para quando estiveres prestes a cair para o lado. Há musicas que não terás no mp4 (depois vês o que é) mas delirarás dançar. E há instrutores que dizem "estamos no Brasil, mostrem os cocos", vai-te mentalizando que não podes ser transparente por mais que treines o "sou um vaso ming sou um vaso ming sou um vaso ming". Cora se tiver de ser, mas não pares.

Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry®
www.blackberry.com

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D