Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

30
Jan14

Extras de DVD. *Pode conter SPOILERS*

Pi

Vejo extras de dvd, sim, assumo tudo. Um dia aventurei-me pelos do Senhor dos Aneis e adorei. Ver o Shire nascer e outras coisas, foi prolongar mais um pouco os filmes já vistos e revistos. Desde aí geralmente espreito os extras, sempre à espera de uma pepita no meio de cabos, digitalizações e adereços. Sei que há quem não goste. E eu percebo, no West Side Story fiquei traumatizada com a descrição do sofrimento que foi ensaiar a cena da garagem, esse ícone. *estala os dedos com os braços encostados à barriga* 

Nas duas últimas semanas revi os Indiana Jones, os 4, da Arca à Caveira. Gosto sempre, e o meu preferido continua a ser a Grande Cruzada. Gosto de todos, mas esse tem mais alguma coisa apesar de não ter pontes aterradoras, esferas gigantes e perseguidoras, até o bicharedo é supostamente menos repugnante (supostamente porque ratazana é coisa para me fazer gritar mais). Se calhar a coisa que tem é o Sean Connery, ou as charadas no final para chegar ao cruzado. Ou a altura em que o vi no cinema. Não sei, sei que gosto muito dele. E dos outros. Até do último, senhores. Agora quando o revi pensei "eu não sei se gostei muito deste, mas não me lembro de o ter detestado". E não, tem momentos totalmente Indy e é isso que se quer num Indiana Jones. 

E dos extras? Ah pois, dos extras. Nos três primeiros não são tão bons, são documentários e tal, mas não se faziam a pensar num dvd na altura (embora eu me lembre de ver documentários sobre o Templo Perdido melhores que o que lá está, ou talvez eu fosse pequena e tudo me parecesse mágico). Mas no quarto já são uma coisa como deve ser, e entre bons pormenores - vide por exemplo explicação de como aliens não eram aliens mas parecem aliens, entre Lucas e Spielberg - achei uma das tais pepitas. Segue o spoiler. 

Picture it: John Williams e a banda sonora. Além do incontornável tema principal criou outros para este filme, um para a personagem da Cate Blanchett e tal, tudo muito bem. Há imagens da orquestra a ensaiar, John Williams e maestro presentes. Numa cena despretensiosa, vistos de trás, Williams e Spielberg que diz ao compositor que é o único homem além de outro que ele conhece que merece usar... e dá-lhe um chapéu. Do Indiana, percebem??aaaawe... derreti. Vivo para estas coisas, pronto. 

 

Fica no meu blog porque eu me percebo. 

26
Jan14

Dei-lhes livros

Pi

Livros, pensei, mas eles vão achar uma seca.

Vi livros de piadas, adivinhas e charadas. 365 cada um, uma para cada dia do ano. Podia ser que me safasse assim.

Lembro-me de ter os Flores para Crianças e Novas Flores para Crianças e devorar as piadas. De as perceber sozinha. Estão ambos nessas idades e arrisquei.  

Gostaram, pegaram-lhes e andaram a contar anedotas pela casa. 

D nem o casaco tirou. 

 

 

 

19
Jan14

Du um ano depois

Pi
Tenho um dedo magoado, o AoE III para jogar, mas ainda cá venho deixar uma dobrinha de canto antes que me passe e se perca o timing. Há um ano estava há 15 dias a tomar conta do Du, na altura com 8-quase-9-meses. Passávamos os dias entre brincar no mundo de brinquedos que havia na sala, sestas e refeições. Correu tudo bem e eu, o Duarte e o mano Afonso, ficámos amigos. Ontem fui visitá-los. O Afonso lembra-se de mim, sendo mais velho. O Duarte nem por isso, mas tambem so me estranhou à chegada, depois começa a fazer palhacices e macacada para me rir. Havia um hábito do Du que entra directamente para o top de queridices de baby. Adormecia agarrado a um frasquinho de aero-om. De inicio só o segurava, quando deixei de tomar conta dele, o hábito era encostá-lo ao queixinho, já podre de sono. Ontem soube (e vi) que continua a levar o frasquinho consigo para dormir. De derreter. Mais, um dia destes a gata da avô adormeceu, ele tapou-a e foi deixar-lhe um frasquinho ao pé para ela dormir. Cuteness overload. O Du, para os seus 20 meses, fala imenso e percebe claramente tudo o que se lhe diz. Derreti mais um pouco quando ao almoço me quis mostrar os bonecos a papar e chamou: "menina..."
Aaaaawe...
Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com
16
Jan14

A verdade é que hoje sonhei com ovos verdes

Pi

E foi. Ía a caminho não sei de onde, a pé pela rua, e parou-se para comer qualquer coisa.

Veio uma travessa de ovos verdes em piramide para a mesa, e eu muito admirada, que não tinha lido nada sobre ovos verdes em lado nenhum mas agora ali estavam e ainda bem que gosto tanto e isso. Eram ovos do campo, não lhes chamavam ovos verdes, respondiam-me. E eu, que estava mal que lhes chamassem o que quisessem, mas com um /ovos verdes à frente ou eu jamais saberia que ali os havia. 

E foi isto. São estas as coisas que se vão passando nos meus sonhos. 

 

Anda a combinar-se uma ida aos ovos verdes com os amigos-de-bibe. Na escola era prato habitual e ficou-nos a quase todos. Mal posso esperar. 

15
Jan14

O uber. O sono. O Boeck

Pi
O uber continua a nao cooperar e dou sossego a quem (hoje nao) me lê. A app do BB tambem amuou e diz que nao lhe apetece. Sossego total do outro lado. Ter trazido um livro era hoje ainda melhor ideia, mas nao aconteceu. Adormeceria antes do destino, o que nao sendo a primeira vez, é sempre terrivel. Acho que estou de birra, o sono é tanto que nao chego a perceber. Por outro lado, eu estou muitas vezes de birra, pode bem ser mais uma. Nao fazer muito sentido no que digo é sintomático. Estou naquele patamar em que tanto me pode sair uma alarvidade e um pontapé, ou uma espiral de tolices e trocadilho. E rio-me em qualquer dos casos. E só quero ir dormir. O Boeck, o Boeck. Eu tenho sono mas sei o que vi. Vi-o cumprir, mas vi ainda 3 ou 4 bolas para a frente que me complicam cá com o sistema. Isso nao era recurso e assim? Passou a grande defesa no ultimo Europeu e eu nao percebi? Mas vejo por quase todo o lado que foi o homem do jogo. Desculpem-nos Slimani/Mane/Vitor/Adrien, que nao sabem o que fazem. E sim, eu gosto do Boeck. Há imenso tempo, oooouça.
Mas eu tenho dormido mal, pode ser isso. E sou de birras, pois. Deixem-me, vou ver onde tenho o rise of nations.
Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com
14
Jan14

Pessoas. Das humanas e arrogantes.

Pi
O dia começa agora. Um café e os pensamentos e twitts saem em catadupa. Quem olha para mim vê um cacto, quieto quietinho, sono imenso, olheiras grandes. Mas a cabeça vai a mil.
Eu adoro (not) esta coisa muito portuguesa do humilde que merece o céu, o arrogante o inferno. E a coisa melhora com a facilidade com que alguém passa por arrogante. Se nao se gosta a melhor maneira de angariar simpatizantes para a causa é usar um "nao gosto, é muito arrogante". E as pessoas ficam a pensar, no seu cantinho, "espera lá, arrogante pode atingir-me o complexo de inferioridade e eu nao gosto cá disso. Se é arrogante também nao gosto". A palava arrogante tdesperta o patinho feio que há em si.
Vem isto a propósito do menine ter chorado e se dizer que ele ficou mais humano e isso. Mas eu vejo-o de outra forma há muito tempo, tenho de ter paciência com estes clichés que as pessoas gostam de dizer, repetir e imitar. Vou esperar pela sesta da Carlotinha e ver tudo como deve ser, que ontem nao vi nada dos choros e isso. Logo se vê se sai post.
Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com
13
Jan14

A verdade é esta. Do menine

Pi
Eu bem tento ignorar, pensar que ganhe o melhor, e que na verdade gostei de ver todos e isso. E ao longo do ano irritam-me as previsões certas (quase, só quase) de que o Ronaldo vai ganhar. No dia toda a gente tem assistido ao "nao, nao ganhaste outra vez" e eu volto a amuar, aos que chatice, para que ligo eu a isto, é só uma porcaria de um troféu. Mas é tudo o resto nao é? Tudo o resto e eu ter 3 anos no que toca a deixar-me "picar". Eu nem queria estar aqui a fazer este post, eu tinha planeado ver os saltos do miudo - a ultima tara -, e deitar um olhinho ao Ruud Gullit e a quem mais aparecer. Nao quero saber se são os golos, os troféus, as Suécias fuziladas. Eu queria mesmo era que me fosse indiferente. Mas depois vejo aquele empenho dele, que é mais que o dos jogos, a evolução constante, e quero que ganhe mais uma e outra vez. Porque se nao ganha é o eterno segundo (ou terceiro), e ele nao quer saber disso para nada, mas quer. E eu tambem nao. Mas quero. Sucede que com a tarde se atropelam os "desta é ele", as certezas mais certas que nos outros anos, o Rio que diz que vai pra rua nu se nao for, e eu fico logo fraquinha com estas coisas. Ai sim, fico. De maneira que agora estou para aqui à espera, à hora a que anunciarem nem devo ter uma tv à frente, e portanto nem sei se vou saber ou quando ou tcomo. Nao sei, pronto, já estou irritada. E se ele ganhar quero mais é que se saia bem, e se nao ganhar faça mega-sorriso, mas isso ele nao consegue. Nem eu, nem eu.
Eu, menina de meu menine me confesso.
Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D