Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

20
Out15

Outono. The full experience

Pi

Não não, eu não sou fã do cheiro a terra molhada, do outono todo cor de folha a cair, galochas e frio a chegar. Eu gosto do Outono como gosto do Inverno: aprecio os conceitos, as modas até, gosto de os ver lá fora comigo em casa, mas preferia viver sempre com sol e calor. Está desfeito o drama, avancemos.

Do que eu gosto mesmo é das castanhas e batata doce assada. As castanhas já não são o que eram, dizem-me. Que envoltas e cartuxo de lista telefónicae é que sabiam bem. Pois eu gosto delas também nestes pacotinhos que agora há, e até trazem um extra para as cascas (estou tão pouco habituada a civismos que a primeira vez achei que era engano, tinha vindo colado ao das castanhas). E assadas em casa, pois sim, claro. Mas aquele salzinho na casca das de rua, só mesmo nessas consigo.

E a batata doce? Notem,escrevo isto enquanto ao meu lado, fumegantes, três pedaços de batata doce escorrem amarelo. Não escorrem, vá, não é literal. Mas é uma imagem que gosto de alimentar. Sempre fui pela batata doce, o meu São Martinho sempre foi mais batata doce que castanhas, eram tabuleiros de batata doce em casa dos meus pais. Ai eu sei, eu sei que agora comemos batata doce com tudo, já não é só a Madeira a perceber isso, e ainda bem, mas esta é uma memória minha. Lavo a batata - deve ser o alimento que com mais terra nos chega, senhores - corto-a em pedaços e, requinte de malvadez, faço uns golpes na polpa. Vai ao forno polvilhada com sal, cascas para baixo, três quartos de hora a 180º. A magia acontece. Quando a vou buscar, está amarela, ali no limite do começar a derreter e escorrer amarelo pirex fora. 

O meu Outono é um bocadinho isto.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D