Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

To Rome With Love

Pi, 09.10.12

E o "Para Roma com Amor", Para Roma Com Amor por cá? Adorei.

Dos Woody Allen na Europa foi o de que mais gostei. Podia ser por ser em Roma (e e calhar foi um bocadinho), mas há duas histórias que estão sublimes.

Não gosto de me alongar sobre filmes porque há sempre quem não tenha visto, e se eu detesto que me contem filmes e séries... Juro, poucas coisas me deixam tão azul.

Adiante, há duas histórias então, talvez por serem temas que já todos abordámos - são mesmo coisas universais como o cantar no duche e a fama instantânea - e levados ao extremo, têm um resultado muito divertido mesmo.

Gosto de elencos, sou de nomes e actores - assumo tudo - e este tem muitos. E o Woody Allen entra, o que é sempre um plus. Ah, que ele faz dele e assim. E então? Não é por isso que quem vê Woody Allen vê Woody Allen? É pois. Se não é, devia.

Vão ver vão, que é giro e bem disposto.