Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Mais das amigas

Pi, 19.04.13

(continuação deste post)


BárbaraFoi a melhor coisa que me aconteceu...

RitaOuve, a mim também. Quatro vezes a melhor coisa que me aconteceu, uma delas sem contar. A melhor coisa, mesmo com enjôos, costuras e pontos, conseguiu ser a melhor coisa que me aconteceu. Mas não deixo de ser quem sempre fui, mesmo que já não conceba a minha vida sem crocs arrumadas por tamanhos e cores, carrinhos e monstros espalhados pela casa. E barbies, temos barbies claro. Mais as pinturas e platicinas, que parece que ganham vida e andam por todo o lado.


Mónica regressa, e ouve a conversa.


Bárbara -  Mas é muito didáctico.

Rita -  Sim querida. É tudo estupendo para estimular as crianças, etc mas ao fim de quatro eles encontram estímulos uns nos outros. Percebem que se puxarem os cabelos uns aos outros em cadeia, a sinfonia é garantida. Que se brincarem com as coisas uns dos outros, dá em festival. Neste momento crio quase as crianças von trapp. Mas em gritaria.


Bárbara prepara-se para intervir, mas é interrompida por Rita.


Rita - E não me digas que somos nós que não lhes explicamos a partilha, o amor ao próximo. Está tudo mais que dito e eles até se amam, só que tendem a morder-se de amor. Quanto às plasticinas, sim, são óptimas e até me divertia a brincar com eles, mas deixá-los à solta num parque infantil ou num centro comercial também os ensina e poupa-te os sofás.

Mónica - Mas tu nunca ligaste a isso.

RitaE não ligo. Na verdade não é o sofá, mas a cabeça que me poupa. Eu explico: desde que o Henrique meteu na cabeça que sofá de pele dá status, passei a ligar. Em pele dá status, mas a pele com plasticina fluorescente agarrada, já não. Embora no outro dia tenhamos ido a um restaurante com luz branca e sofás em pele, lá está. Aí foi muito chique, se uma das crianças revela propensão para o design de interiores, está só a ser um selvagem. Não tenho pachorra, mas como não o quero ouvir mais do que devo, levo plasticina na carteira e solto os miúdos no shopping. Então e mais coisas da reunião? 


continua...