Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

15
Mai13

A Final. Fartinha dos que agora chegam e querem impor regras. Nós já cá estávamos, obrigada.

Pi

Eu serenei, já não torço contra ninguém (e mesmo há uns anos acho que só mesmo se o adversário fosse italiano o fazia, e mantenho isso) se o meu clube não beneficiar disso. E é o caso. Mas não somos nem temos de ser todos iguais. 

Por outro lado, perdi o "é Portugal" há muitos anos. Não é Portugal, clubes são clubes e assim é que é bonito. O meu não joga, posso ver ou não ver o jogo, ter preferência ou não. Pelo menos sei que não ficarei nervosa. Isso, para variar, sabe bem. Respeito quem vê como "Portugal", esperando que me respeitem também. Já não respeito tanto quem vê como "somos dez milhões hoje" mas também não vou fazer uma cena. Tudo faz parte.

E não, não sinto falta nenhuma de apoio alheio quando joga o Sporting. Ofende-me zero que estejam contra, já sei do que a casa gasta. Há anos e anos e anos e anos e anos... continuo? E anos e anos e anos. E isso é que faz em grande parte o ser-se de um clube. Cada um sabe por que é daquele e não de outro. 

Passa-se o mesmo para todos os lados, mas há sempre quem se ofenda. Parem com isso, é a lógica do ovo e da galinha, todos acham que o primeiro foi o outro. Geralmente os que mais gozam são depois os mais ofendidos. Salvo raras excepções esta é a regra.

Todos os anos oiço pessoas dizer "nunca estou pelo Sporting porque eles nunca estão pelo Benfica/Porto/seja o que for". Não, não é por isso. Não está porque não está, assuma. Eu nunca estou por outras equipas. Estou pela minha e pelas italianas em competições europeias. Cresci assim e ainda estou nesta, assumo-a. Outros estarão noutras, assumam-nas. Não sei para quê tanta justificação. 

Não entro pelos olhos dentro de ninguém, pouca, muito pouca gente me aborrece com este assunto. Não venham agora impor regrazinhas de decência e ética onde nunca houve. E assim é que está certo. É ou não é o futebol um escape também a isso? Para mim é, e eu gosto assim. Vale para um lado como para os outros. 

Só para esclarecer que pode não ter ficado claro: não, não estou pelo Chelsea. Sim, Petr Cech é lindo, mas não estou. Além disso tenho tara por ver John Terry chorar abraçado a Lampard em finais. E nem sempre as melhores fotos são de quando ganharam. 

04
Mai13

Da faltinha de imaginação

Pi

Depois das princesas-noivas-plebeias iniciou-se a saga rainhas-plebeias *sigh*

 

É cor de rosa, é lixo, é o que quiserem. É sempre tudo igual, isso é que eu sei.

Será assim sobre Espanha, será assim acerca da Dinamarca, fica aqui escrito.

Percebo que a Cinderela ainda encante mas copy/paste cansa, perde a graça. Muda o modelo mantém-se o molde. Plebeias ao poder e o povo boceja. Ou não, sei lá. 

Imaginação precisa-se. 

 

´

03
Mai13

Das amigas. Principe Rodrigo

Pi

Bárbara fala ao telefone. 

 

BárbaraAh pois, estava a dizer-te: então disse ao Rodrigo “queres ir dormir para o teu quarto? É isso que tu queres, é?”. Ah sim, sim, teve de ser. Estava a fazer uma birra... foi remédio santo. Pronto, era só isto que te queria contar. Tive de o repreender. 

Está bem, estamos combinadas para amanhã. Preciso de desabafar, fiquei abalada com este castigo. Beijinhos, querida. - desliga.  

RitaOuvi bem? Castigaste o príncipe Rodrigo?

BárbaraAi, não me digas nada. Custou-me tanto. Mas teve de ser, fez-me uma birra tal à hora e deitar... Disse-lhe (Bárbara finge que se zanga, numa voz infantil): "Queres ir para o castigo? Queres ir dormir no teu quarto, na tua cama? É isso que queres? Então se não é, pára de chorar.” E ele acalmou. Mas custou-me.


Mónica e Rita olham uma para a outra incrédulas.


MónicaOlha, eu já sei que não sei porque não sou mãe, mas o castigo é o Rodrigo dormir no quarto dele, na cama dele?!

Bárbara -  Claro, ele detesta!

RitaMas o Rodrigo um dia vai ter 16 anos. E eu sei que pensas que vou dizer que não pode dormir para sempre contigo, mas para perceberes vou ser mais clara: ele não vai querer dormir contigo para sempre.

Mónica - E que falta de higiene, Bárbara. Além de que ele já tem 5 anos.

Bárbara -  Tu não percebes. E tu tens quatro filhos, Rita, não seria fácil dormir com todos, eu percebo. Ele gosta de dormir com a mãe...

Rita - Lembra-te só que isso não faz de ti mais mãe.

Mónica - Claro que a Bárbara nos diz que sim a tudo, mas no fundo pensa (Mónica imita exageradamente Bárbara):  "eu é que sou a que sou mais mãe, o meu filho gosta mesmo de mim e esse amor mede-se pela vontade de dormir na minha cama, e o inversamente proporcional horror ao quarto dele”.


Rita ri, Bárbara fica aborrecida


Bárbara - Ai, que parvas... não digas isso, é o meu bebé.

RitaQue há-de ter onze anos, e meia personalidade nas saias da mãe.

Bárbara Oh, é amor, não vês?

RitaVejo, vejo. Vi quatro vezes que não os devia deixar a dormir na minha cama – na verdade nem me passou pela cabeça – e todos os quatro estão aí, independentes e não deixam de ser meigos.

Bárbara - Mas e a ligação à mãe? Isso nada paga.

Rita - Hello? A mãe sou eu, lembras-te? E eles não gostam menos de mim por terem dormido cada um na sua cama.

Bárbara - Não quis dizer isso. Mas o meu não vive sem mim. Muito menos dorme sem mim.

Mónica - Está bem. Então quando levares um namorado lá a casa, quero ver como é à hora de deitar. Imagina, Rita...

Rita - Sim, já estou a ver a Bárbara: "Olha, o Rodrigo dorme aqui connosco, se não te importas."


Mónica e Rita riem.


Bárbara - Um quê?! Estão loucas?

Mónica - Ah, claro... a Bárbara morreu para o sexo, já me esquecia.

Rita - Olha Bárbara, isso é uma tolice tão grande, mas tão grande, que te vou fazer o favor de a ignorar. Então e tu Mónica, como tens andado? O Pedro? 


Continua...

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D