Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

27
Nov13

Está frio, já se sabe

Pi
E eu assumo tudo: sou uma friorenta do pior. Sim, sim, também prefiro o frio à chuva, os dias gelados com sol aos dias menos frios mas negros. Mas tenho frio, pronto. Há pouco, no comboio, dizia que lá fora estavam 6°. Dentro do comboio, ou da minha carruagem não estaria muito mais. Cheguei eu à estação com o pensamento suburbano de "comboio quentinho" e nada. Entro no modo cebola, das camadas e cascas e casacos e tudo uns por cima dos outros, mas passo facilmente da cebola ao sentir-me um paio atado. Sem problema, importa é não ter frio. Os meus casacos têm todos carapuço, precisamente por causa do frio, todos me chegam aos olhos e contam com rabos de cavalo se for caso de ter um na altura. Tenho muitos carapuços e não tenho medo de os usar. Podia dizer que não há melhor que sair de casa às 7 da manhã com 6° na rua e ter um hoodie para tapar a cabeça. Mas há, há sem duvida coisas melhores. Fica a ideia, vocês percebem. Também assumo já aqui que tomei um café antes de apanhar o metro e segurei a chávena quentinha um pouco mais que o costume. Não a queria largar, mas ela depressa gelou e o metro não esperava. Ah, a as relações efémeras na correria da manhã... As minhas luvas não têm dedos completos, são as de hobo, já soube o nome certo, agora escapa-me. Dão-me jeito, desde miúda que não consigo fazer nada com luvas de lã calçadas, estas resolvem-me os dramas e até me deixam twittar e postar no blog. Sou feliz com as coisas simples da vida: meio dedo fora das luvas. O que não exclui a felicidade que seria ter milhões de euros, atenção. É isto, um pequeno tratado sobre o frio de Pi. Chegada ao meu destino, com tanta roupa não me dispo, desmonto a pequena instalação que tenho em cima.
Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D