Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Vai ser assim

Pi, 26.03.14
Histérica, vou estar histérica. Já estou ligeiramente.  Vai ser glitter e luz e cor e eu pelo-me por isso.  Hum? As músicas, pois. E a voz claro. Mas eu quero mesmo, gosto mesmo é da performance e da explosão de pinderiquices. Eu costumo apreciar uma mulher elegante e discreta "Ai, a Charlize Theron é que eu queria ser se pudesse escolher" e na verdade neste momento até tinha o Sean Penn de bónus. Mas não, foge-me o pé para os Versace e Cavalli e na hora de escolher quereria ser Beyoncé meets JLo, já sei como sou. Ah, o delirar sem nunca parar. É para isso que tenho um blog pois é. Vejo hoje finalmente Mrs Carter,  Queen B, diva Sasha Fierce, American Royalty herself, Beyoncé *saltinhos* Não sou tanto pelas baladas, prefiro as electrizantes e tough de que este último álbum está cheio, mas se leram até aqui ficarão com isto na cabeça: if I were a boy...

Xoxoxoo

Enviado de Samsung Mobile

Do café

Pi, 26.03.14
Passo muitas vezes a esta hora (ainda não são sete e meia) no café da estação.  São geralmente três pessoas a atender, quatro quando aparece a d. Maria que aqui entre nós que ajudar e organizar e parece-me, do longe do meu sono, que faz mais confusão que outra coisa.  Entre os dois homens e a incansável d. Helena a coisa vai andando, numa dança entre quem tira cafés e quem prepara sandes e croissants. Na caixa sempre o mesmo, ali não se roda. E bem, que seria mais confuso se assim não fosse. Dali, o sr Amílcar ainda consegue prestar auxílio a quem pede café, estamos-lhe ao alcance do braço. Enquanto isso desenrola o seu pequeno acto de piadas e partidas sobre não dar troco, estar certo e coisas assim. Por instantes, o tempo de tomar um café, alinhamos naquela troca de gracinhas, já as sabemos. O sr Amílcar diz as mesmas piadas sobre totais e demasias, o sr Pedro sorri um sorriso amarelo de quem as ouve várias vezes ao dia e confirma. Estou solidária com ambos. Todos concedemos. É inofensivo e demasiado cedo.  Depois saio e não me lembro mais. 

Enviado de Samsung Mobile