Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Ser ou não ser. Distraída, pois!

Pi, 05.01.15

Então eu hoje - valha-me Deus - não tenho Shakespearada das antigas - e eu quero tanto saber e ver, senhores - e estava, para não variar, completa, total e dessincronizadamente na lua?

Eu - ai eu - quando estive em Londres gostei tanto do Shakespeare's Globe, mas não cheguei a ver lá nada, e agora quero tanto ver e tinha-me passado. Assim. De um dia para o outro.  

Mamãe ligou a lembrar. É que nem disfarcei. Falou-se nisto ainda a semana passada, mas os fins de semana acabam, as segundas começam, arranjam-se estas desculpas, e uma pessoa esquece-se. Eu, sou eu que me esqueço, comecemos o ano a assumir estas coisas. 

Eu faço destas mais vezes, muitas mais do que gostaria. Esquecer-me, trocar datas ou lugares. Felizmente tudo tem tido solução antes de ser precisa a emenda. Pior é mesmo quando marco duas coisas para o mesmo dia, aí é que é o fim da picada. Já não acontece há algum tempo, tentarei que não se passe mais. 

Com isto não estou nada vestida para o teatro. A ver se improviso uma gola de Camões ali com folhas da Xerox.