Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

20
Jun13

Eu sei que não foi o Tony

Pi

Sem o Tony Soprano já fiquei há uns anos. Foi James Gandolfini que morreu.

Não é fácil dissociar James Gandolfini de Tony Soprano, nem eu faço um grande esforço por isso. O próprio se descrevia na vida real como "a 260-Pound Woody Allen", vi este documentário sobre vítimas da Guerra no Iraque (sendo da HBO via-o "em casa", um Tony em missão de solidariedade), vi 4 ou 5 filmes (talvez mais, não sei) com ele e via sempre o Tony mascarado, com óculos, de barba. Uma espécie de JR dos anos 90 (claro que o JR nunca foi outro que não o JR. Não, não foi). Uma vez vi-o contar que alguém lhe abriu a porta e ele viu essa pessoa ficar branca por ter o Tony Soprano à frente e fui ao céu. 

James Ganfolfini morreu. Vi ontem antes de me ir deitar, mas já havia tanta informação e desinformação, e a mim interessava muito pouco que fosse verdade, que fui dormir sem confirmar nada, esperando que hoje houvesse indignação com mentiras e nada mais, viveriamos ainda num mundo com Gandolfini eassim. Parece que não. 

Isto é triste, e mais triste é eu não ter ou não saber o que fiz a posts sobre Tony Soprano. Mas fica isto: era aquele olhar, entre o "já não te estou a ver bem" e o "vamos lá rever isto mais uma vez que eu não posso matar pessoas assim", e ainda o olhar "vou fazer-me de burro mas toutaver e a ficar sem paciência, mas não se pode desfazer pessoas com as mãos todos os dias" que ele fazia como ninguém. Depois há mais de Tony Soprano a dizer, mas fica para outro dia e outro post. 

James Gandolfini morreu. Resta-me rever Tony e os Sopranos pela vida fora as vezes que me apetecer. E com isso eu não me importo nada. 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D