Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Afinal continuo no filme

Pi, 28.07.13
O acting. Péssimo. Ainda assim, MacLeod consegue ser melhor actor no sec. XVI que no XX. Nesta altura - talvez neste filme - vitorias escocesas, romanas ou gauleses, todas tinham a mesma formula: muitos hip hip hooray a cavalo e espadas no ar. Eramos todos iguais entre os anos 1000 e 1500. Ah, a globalização como nunca a vimos. São os tais lots of different places. Ele era o mesmo em todos, de facto. Cabelos compridos muito escovados para parecerem despenteados. Um coisa muito Kiss mas não chega a Europe. Também era melhor, pareceriam senhoras em batalha.
E eu que queria comentar bichos. *sigh*
Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com