Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Captain Phillips

Pi, 25.10.13

Numa palavra: filmaço. Não preciso de justificar, é verem. Sem qualquer spoiler, é isto: Somália, piratas, cargueiro americano. E ainda aquela que fica sempre lindamente em filmes, US Navy. Vão ver e pronto.

Segundo uma senhora na sala "não é filme para mulheres", e eu fico a pensar que ou os preconceitos continuam a ser uma coisa muito estúpida, ou eu de facto nunca tendo sido, sempre fui tom boy, maria-rapaz no que toca a filmes. "Não, não, eu ainda choro no Paciente Inglês", convenço-me. Sempre gostei de filmes de acção, de guerra, suspense, maldades e torturas (mesmo que me encolha toda na cadeira). Terror nem tanto, admito, sou uma menina afinal.

A mesma senhora reclamava ainda sobre haver piratas na Somália: "mas se eles sabem que há piratas ainda vão para ali fazer o quê? Mudem de rota!". E pronto, assim se resolve eclipsar o Corno de África das rotas do mundo a partir de um Lusomundo do subúrbio. Adoro.

Captain Phillips. Gostei, tipimenso.

 

Enviado a partir do meu smartphone BlackBerry® www.blackberry.com