Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Calma aí com a evolução e o progresso

Pi, 28.05.14
Que ainda há civilização para aplicar. E bem perto de nós.  Fui ali tomar café, num daqueles quiosques espalhados por centros comerciais e metro, e assisti a este diálogo (tudo entre risos, ninguém estava incomodado): Ele - já reparaste como os macacos são parecidos com os pretos? Ela a rir, adivinhando a punchline que aí vinha - e então?? Ele, riso alarve - és macaca! E riam os dois. Depois a conversa evoluiu (ah, a ironia) para tons. Que não era preta, então que és, és branca queres ver? E ela já com receio de dizer mais para não se envergonhar, quando um terceiro elemento veio em socorro: "É mulata". E pronto, andamos a ler e a saber da Ucrânia e a guerra que não o chega a ser, dos Nobel da vida e de quem treina o nosso clube para o ano, quando há população que nem salpicos de civismo ainda conseguiu apanhar. 

Enviado de Samsung Mobile

2 comentários

Comentar post