Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Campioni dell'Europa siamo noi

Pi, 12.07.21

Há cinco anos fomos, Portugal, campeões da Europa. Este ano fui pelo menos eu de novo. Porque a Itália é a minha favorita desde que me apaixonei em 1990 por aquela camisola, a paixão e o drama transalpino sempre me fascinaram, vibrei e sofri em mundiais e europeus nos últimos 30 anos. Não é uma coisa preto no branco - "ah mas não és italiana" - pois não sou, mas há sítios que chamam por nós, que nos correm se não no sangue, muito perto do cuore. 

Este Europeu ficará na minha memória por vários e bons motivos no que toca à Squadra Azzurra: não via uma Itália tão organizada há muito tempo, uma equipa técnica que apela ao sentimento e nostalgia de quem acompanha e sente. Até a comunicação esteve bem pensada, ontem foram vários campeões do mundo de 82 a fazer posts no instagram, incentivando estes azzurri com idade para serem seus filhos à vitória.

Tenho mais coisas a guardar na memória, lá irei, por fascículos, como quem diz, posts.

1 comentário

Comentar post