Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Como assim vais ver a Juve?

Pi, 24.04.14
Nunca o vi, percebes? É inaceitável. Tanta dedicação, amor e isso, e nunca o vi na vida.  O que eu quero é ver o que ele faz, o resultado é-me igual. Está sempre atento ou está a aquecer? E se está atento segue jogadas ao longe e sereno ou está sempre aos gritos? E grita muito ou pouco? E se grita seguem-no todos? E traz as luvas já calçadas ou não? Não costuma apertar a mão de luva, hoje é diferente? É muito isto que eu quero saber. É provável que a minha atenção se centre quase só em Buffon. E depois quero ver outros azzurri. Se atrás ficarem Chiello, Barzagli e Bonucci ficam quatro vistos do nesse pedaço de campo. Sim, porque eu nunca os vi. Nunca vi,  percebes? E gosto de ver ao vivo.  Não é diferente da música para mim. "Ah viste a Beyoncé depois de ser mãe? E a Alemanha de 96?" Vi.  Igual, para mim é igual. Hoje em italiano, mas é igual.  Eu não vi o Pirlo. Talvez estivesse no banco há muitos anos em Alvalade, não sei, mas nunca o vi. Não podia não o ver hoje.  É por isto, tal como foi em 93 -tive um autógrafo e um "ciao"de Baggio na véspera - que hoje vou à Luz ver a Juventus. Não mudei muito em vinte anos não. 

Enviado de Samsung Mobile

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.