Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

E o mar?

Pi, 17.04.20

Sei que está lá, não foge. Vejo até uma nesguinha da minha varanda, ao fundo. Mas é, seguramente, a primeira vez na vida que não passo pelo menos na estrada, ou linha do comboio ao lado do mar, tantos dias seguidos.

 Cresci ao pé do mar, em pequena ia de carro para a escola, parte do caminho ao lado do mar. Hoje em dia vou de comboio, e o melhor bocadinho da viagem é junto ao mar. Sempre que posso vou à beira-mar e com bom tempo, faço praia de maio a outubro.

Mesmo quando viajei, se não havia mas, só estive quatro, cinco dias fora. 
Não é um drama, está lá e vamos voltar a ver-nos. Mas sinto a falta do mar, sinto mesmo.

La mer 🎶
Qu'on voit danser
Le long des golfes clairs

 

2 comentários

Comentar post