Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

11
Fev19

Harry Potter, comecemos pelo fim (para o caso de voltar a escrever sobre o tema)

Pi
Eu sei, eu sei, como é que não tinha lido ainda "Harry Potter and the cursed child", se li toda a saga em tempo útil, não é? Na altura não quis prolongar a imagem dos personagens-miudos em adultos, foi isso, não há outro motivo. Custou-me ler um fim tão fechado, de futuros, casamentos e filhos, e deixei passar o tempo. Até agora, que o li em quatro ou cinco dias. 
"Harry Potter and the cursed child" traz um quentinho a quem leu Harry Potter do início ao fim. Celebra personagens desaparecidos, concilia uns, redime outros, matam-se saudades e saram-se algumas feridas. 
Só achei que alguns personagens estão menos vincados do que eram. Talvez seja parte da tal conciliação. 
 
Tive de me relembrar página sim, página não, que se trata de uma peça de teatro. Quis saber mais sobre Scorpius, que personagem adorável teria sido em mais sete livros. Quis acompanhar Albus Severus na sua infância e adolescência, mas não é essa a ideia aqui. Sendo um texto para teatro, sabemos o que nos é dado em palco e basta. Ou devia. Vejo-me ler de novo entradas na plataforma 9e3/4, viagens no Hogwarts Expresso, voltar a Diagon Alley, escolher varinhas no Olivanders, as aulas, os professores e o quidditch. Lia tudo de novo, agora com estes dois e seus (nenhuns) amigos. 
Em suma, não é um Harry Potter, mas é todo ele Harry Potter.
 
PS2: segundo o Pottermore (três vezes, em anos bem diferentes) sou Gryffindor

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D