Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

23
Dez15

Natal

Pi

Ah, o Natal. Altura de amor, paz e tolerânc... espera chamas filhoses aos coscorões?! E sonhos às filhoses, às quais chamas velhoses? Quê?! Be-lhoses! Cada vez pior, não mereces o Natal!

 

Vá lá pessoas com Facebook e problemas por resolver, roupa velha e farrapo é o mesmo (a sério, se pensarem são mesmo sinonimos), e se têm nomes e hábitos diferentes no Natal, há formas civilizadas de o partilharem. Até pode ser engraçado respeitar o próximo, prometo.

04
Out14

Etiqueta e boas maneiras (é possivel que venha a actualizar-se)

Pi

Ninguém sonha o que me enerva ler uma coisa em páginas de roupa, acessórios, calçado, tachos e panelinhas, bolsas para a praia, cursos e workshops e o que mais houver. Páginas todas fofas, pensadas com cuidado, delicadas, com comentários elogiosos, e lá no meio a pedrada, curta e à bruta:

- PREÇO???

Parem com isso, tenham maneiras. Ao menos contenham-se no excesso de pontuação. Embora chegar e dizer só "preço" me pareça indelicado na mesma. E fica a dica: regra geral as páginas (no caso do facebook) não conseguem enviar-vos mensagem, tomem a iniciativa de enviar vocês em vez de se enervarem, nem inventarem teorias de conspiração, sim? XOxox

03
Set14

"Vai correr tudo bem, eu sei". E como, pergunto

Pi

 

A leviandade com que se diz e escreve "Nós sabemos que vai correr tudo bem". Sabem como? Sabem nada. Posso ser eu com a densidade emocional de um muro, eu que nunca fui de feelings e continuo a não ser. Acredito mas raramente tenho certezas sobre os destinos dos outros. Posso também ser eu que levo tudo demasiado à letra, no fundo sei que as pessoas só querem mostrar que estão solidárias. Mas a certeza dos outros é uma coisa de que fujo, o perigo de me agarrar a ela é enorme, e ela ser falível idem, prefiro não a ver.
Uma flor no cabelo, um por do sol, um hino não trazem melhor ou pior sorte a ninguém. Tal como fechar-se a tudo isso não trará necessariamente a penumbra ou a felicidade eterna. As coisas são aqui e agora, e ninguém pode saber se vão muito correr bem ou muito mal. Há dez dias estava tudo bem, hoje está tudo mal. Não é nada que me seja próximo, ou muito próximo, mas a mediatização trouxe-os até mim e acompanho. A medo, muito medo, com uma distância segura e de muito respeito por tudo porque mais perto de mim há semelhante.
Fácil, facílimo passar numa rede social e deixar um "Eu sei que vai correr tudo bem" e quando corre tudo mal, oops, estranho, eu tinha tanta certeza... Não se confundam: esperança, fé, o que queiram, é uma coisa e cada um tem a que quiser, em quantidades astronómicas se assim o entender e tiver forças. Por certezas tenho muito respeito e não acredito em todas, se é que nalguma.
07
Mai14

Queridas pessoas das aulas no ginásio: organizem-se

Pi

Nós até somos um país que faz filas. Quando me dizem que aqui ou ali não as há, "entra tudo ao molho", sinto o olho esquerdo temer. Nós somos das filas, da ordem de chegada, das senhas se puder ser melhor ainda. E eu, não sendo muito organizada, nem sofrendo de ocd, agradeço essa ordem. 

Somos do um em cada banco no comboio, primeiro do lado mar ou voltados para a frente e só depois o resto. Todos arrumadinhos e bem isolados, vivemos numa base mista entre o não incomodar e o não vou fazer diferente que parece mal. Temos uma compreensão imediata da arrumação no transporte público. 

Depois entramos numa sala de aula de ginásio e ninguém sabe colocar-se em xadrez. No ginásio desarrumam-se todos, tão giros, muito modernos. Eu juro, palavrinha de honra, que não é preciso saber de estratégia militar ou física quântica para saber fazer isto. Na ginástica rítmica diziam-nos "em xadrez" e nós automatica e (cá está) ordeiramente nos intercalavamos fila a fila. Agora toda a gente se quer alinhar. Mas o ginásio não é o comboio, pasme-se. O que é optimização do espaço num, não é no outro. 

Parecendo que não isto complica quando se quer levantar braços e pesos, rodopiar e andar para a frente e para trás. Chegamos ao ridículo de eu, para facilitar, dar dois passos atrás para quer eu quer as duas pessoas ao meu lado termos espaço, e ambas vêm atrás de mim para ficarmos alinhadas, arrumadinhas. Parem com isso, arrumação no ginásio não é ficar sem espaço para os braços. Querem ficar ao lado de amigas, tudo bem, mas percebam o esquema e não tentem por-se em linha com quem vos quer adiantadas. Querem ser da fila da frente, ok, se nos intercalarmos há espaço para duas filas sem ninguém à frente.

O xadrez facilita a visibilidade em sala até, só temos a ganhar. Fosse possível tritura-lo e xadrez era melhor que chia nos vossos batidos verdes pela manhã. 

 

Faço um apelo e deixo já slogan: o ginásio não é só seu. Na sala, intercale com um amigo.  Xoxoxoo

 

Enviado de Samsung Mobile

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D