Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Por falar em Azzurra... #diga33

Pi, 14.04.20

Há duas semanas aceitei o desafio #diga33 do podcast Matraquilhos, um podcasto do Hemisfério Desportivo. 

Dizem que tenho boa memória, e guardo de facto muita informação  - quase nunca útil, mas de vez em quando lá sai em alturas adequadas. O segredo é que é quase sempre só para o que me interessa.

Neste caso fiquei um bocadinho apreensiva, seria eu capaz de relembrar 3 onzes de sabia lá quando? Nos episódios que tinha ouvido, o 33 não era garantido, o que me deixou um bocadinho mais à vontade, mas mesmo assim... fui reduzindo as minhas opções "ok, se for o Parma de 98 ou 99, por ali... ou se for o Barcelona de 92, a Sampdoria de 91... e se não for nada disto?! Vá, respira, se for um Sporting talvez me vá lembrando de todos (sem garantias nenhumas)... se forem os campeões do mundo de Riade, ok, talvez diga uns 8... se forem os de Lisboa, até sei os números, mas quererei que saibam isso? Se for a Roma de 2001, talvez chegue a 5 ou 6... Ou Portugal de 96, acho que me sairia bem. E ficavam por aqui as equipas com que me sentiria encorajada a participar - mas podiam muito bem ser estas as que me saíriam. Na verdade, não sabia o que me calharia e olhando agora, foi bastante óbvio e muito simpático. 

Calhou-me então relembrar - reviver até - três selecções de Itália de anos diferentes. Foi giro, viajei no tempo, vi-me com 17, 23 e 29 anos outra vez a olhar para aquelas maglie azzurre todas com que já vibrei e sofri um bocado. Gostei muito!

Aqui está o episódio em que participei, espero que se divirtam. Para mim foi muito giro revisitar os nomes (e os momentos) de que me fui lembrando.