Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Este post tinha de chegar

Pi, 04.10.12

Não há blog meu sem menção ao meu clube, é mais forte que eu.

(%$&$#&$#%$ se eu percebi que $&%#$%&#$$ se passou ali hoje %#$&#$&)

Sim, sou do Sporting e até já sei do que a casa gasta, não conto com jogos ganhos à partida. Se digo que estou nervosa antes de um jogo sei bem do que falo, já vi suficientes para saber que tudo pode acontecer. Mas hoje nem tenho reacção, foi o cair no abismo que tanta gente já previra.  

(&#%$&$$# raizuspartam mais o $%$&$& se não é um é outro)

E eu, eu tenho sempre esperança "ah, pode ser que não seja tão mau assim..." e depois... depois o Sá Pinto não leva Elias, Capel nem Carrillo, tira o Rinaudo, e eu acabo enterrada no sofá, amuada, a desejar um reset a tudo. 

Da bimby moribunda. Estamos mais ou menos assim

Pi, 29.09.12

Esta manhã hesitei antes de ir confirmar. Para ser sincera, a negação foi tal que só me lembrei a meio da manhã do que aconteceu. 

Lá saltitei ainda cheia de esperança até à cozinha, e experimentei. Raios, nem acende quando ligo a ficha. Nem botão, nada de nada, está sem vida.

Pus-lhe um lenço e estamos de luto até a levar a um apoio técnico perto de mim. 

Estou amuada, pronto. Detesto estragar coisas, e sendo por ter a cabeça na lua, piora um pouco.

 

Eu sei, eu sei que isto é completamente first world problem, e nos tempos que correm eu até vivo num país de terceiro mundo (adoro-te, mas também me cansas Portugal, és o meu marido de bodas de ouro, já me habituei aos teus defeitos e feitio, mas de vez em quando preciso de uma massagem e chá com amigas), mas aborrece-me pronto, parte do meu dia a dia está para ali sem vida e isso maça-me. É isto.

 

*chuta 'ma pedrinha*