Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Dos Globos, aos bocadinhos

Pi, 14.01.17

Eu sei, ela divertiu-se muito, antes muerta que sencilla, e essas coisas todas. Já lá vamos. 

Sofia Vergara é sempre espectacular, e admito que vê-la geralmente basta, é bem provável que nem sempre seja ouvida. Eu preferia não a ter ouvido nos Globos, se calhar já chega da piada da latina-não-sabe-falar-e-já-agora-metemos-aqui-um-trocadilho-ordinário. A Sofia e a sua espectacularidade merecem um bocadinho mais.

Para quem não viu, a espectacular Sofia apareceu no seu espectacular vestido de rendas, brilhos e transparências, com o seu não menos espectacular busto, toda ela maravilhosa. E espectacular. A deixa que lhe estava destinada envolvia todo um malabarismo com a palavra anual e os enganos de uma pessoa chegada de um buraco na Colômbia há três minutos. Somos capazes de um bocadinho mais que isto. 

Bem sei, quem a viu, pouco ou nada ouviu, a própria já disse que prefere ser ridícula do que aborrecida, mas fica a nota. Merece decididamente mais e melhor.