Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

O muuuun...do sabe que

Pi, 01.07.15

Pluteu (como diz o Dinis) amor... eu sou doente 

 

11113936_10205774473259624_3611250400428818741_n.j

Não sei se o mundo sabe, não é importante. Tu sabes e eu sei. 

Tu sabes que não estou sempre de olhos postos em ti, não sei tudo, não acompanho todos. Sou assim. 

Não te escrevo juras de amor, promessas inflamadas, e outros. Não somos assim. Eu e tu, digo. 

Sabes que me distraio às vezes mas estou sempre aqui.

109 para 38, com 23 de sócia. Juntos mazé. 

Sporting

Só assim.

 

Crónica da - literalmente - bancada

Pi, 31.05.15

Taça .jpg

 

Primeira parte e os 2-0

Penalty, expulsão. Nervos.

Segundo golo. Mais nervos. O que é isto? Onde nos enganámos? Acordem! Façam faltas, corram, não percam a bola!

Calor. O escaldão Jamor, um clássico. Vespas e abelhas. Invadimos o espaço delas uma vez por ano.

Pela bancada: 

"Este Slimani corre mais que os outros todos, que deviam e não correm."

"William, não vás à bola, não é preciso!"

"Já fomos."

"Não pode ser. 'BORA SPOOOORTIIIING!"

O senhor atrás de mim está muito nervoso com o árbitro.

Segunda parte

Eu, gritinhos e guinchinhos. Acredito em tudo e sempre. Mas nervos, imensos.

Bancada quase à sombra. Já não há vespas nem abelhas.

Pela bancada: 

"sai Carrillo, já nem devias ter entrado na segunda parte. Bora Mané!"

Gente a sair do estádio. 

Um miudo grita: "Isto é o Sporting! o Sporting é quem cá fica!"

O senhor atrás de mim vai ter uma coisa má se continua a enervar-se assim com o árbitro.Também revela, com alguma violência, ódio por Sérgio Conceição. Não sei se o coração dele aguenta até ao fim.

O Sporting empata. Bom. Mais nervos. Mas muito bom. 

Loucura com o empate, cumprimentos, saltos e cantar. O rapaz ao meu lado é o primeiro desconhecido que me inclui nos seus abraços neste jogo. 

Gente a voltar ao estádio. 

 

Prolongamento

Eu, gritinhos e guinchinhos. Canto para distrair a nervoseira. 

Pela bancada: 

"Epá, ó Slimani, não corres nada."

"William, não vás à bola, não é preciso!"

"Sai Mané, jogas nada" 

"O Patrício está a coxear, vais aos penalties sem guarda-redes."

"Mata já isto, Sporting!" 

O senhor atrás de mim continua na sua cruzada. Ainda morre. 

 

Penalties

Baliza de lá. Calma.

Festejos contidos a cada penalty marcado ou falhado. Nervos até ao último.

Ganhámos! Euforia, saltos, gritos, palmas, abraços. Uma lagriminha. 

Uma senhora atrás de mim, puxa-me para ela e dá-me um beijo. Rimos. 

Um rapaz à minha frente puxa-me e abraça-me.

Bancada do Braga fica vazia. Mais uma equipa que recebe as medalhas quase sem adeptos no estádio. Deviamos rever isto, digo eu.

O senhor atrás de mim sobreviveu. Sobrevivemos todos. 

A Taça é nossa! E o Sporting é mesmo o nosso grande amor. 

Sagres. Go full retard

Pi, 17.02.15
No Tropic Thunder o conselho para representar é "don't go full retard" (se não viram vejam). Em humor aplica-se o contrário, não se pode ficar pelo meio termo, pelo "assim pode ser que passe", e a Sagres ficou. Pelo menos na qualidade do vídeo, que parece uma coisa feita muito à pressa e básica. Mas pode ser por ser do Sporting quenão vejo a estonteante genialidade da coisa, assumo tudo. Não me ofendeu nem me surpreendeu. Se a Sagres escolhe lados e guerrilhas, e arca com as consequências, é-me indiferente. Mas para isto tudo preferia que fosse um vídeo inesquecível e eu já não me lembro do que vi.

Houve um frango no jogo? Houve houve (já li por aí que "não foi frango!!! Foi um erro!!!!", para o caso é indiferente, o vídeo foi para as massas não foi para os entendidos e rigorosos, vamos a acalmar), e todos vimos que até podia ter havido dois. Por mais que o coração me tenha quase fugido pela boca na altura, não me custa assumir isso.

O circo em volta é o do costume e faz parte. Como faz parte não me apetecer acompanhar. 

Eu não deixei de beber Pepsi e na altura até reconheci algum arrojo à marca, tentei ver como uma brincadeira - embora o atropelo com o comboio, vá, me tenha feito alguma confusão, mas admito que seja de mim, afinal era o ric'menine ali em voodoo doll. 

Estou cansada. O que eu queria mesmo era que não tivesse existido aquele golo, com ou sem vídeo. Com ou sem frango. Ou erro. Deixem-me. 

 

Ah, quanto aos Charlies:

 

Ser Charlie não é rir de tudo, é só não matar quem não nos faz rir. Fácil.

Ontem. Noé

Pi, 20.04.14
Gostei gostei. Ainda vou confirmar umas coisas, não porque faça o meu género contrapor e dizer factos em filmes, apenas para não misturar filme e Bíblia na minha cabeça. Mas gostei do filme, um Noé mais dark do que o contado às crianças. 

Mas ontem fui vê-lo pelas 21:30, já o Sporting assegurara a entrada directa na Liga dos Campeões, um ano depois da pior época de sempre. No escuro não se via mas sei que estive com cara de quem está na Champions o tempo todo. 

Enviado de Samsung Mobile

Este post tinha de chegar

Pi, 04.10.12

Não há blog meu sem menção ao meu clube, é mais forte que eu.

(%$&$#&$#%$ se eu percebi que $&%#$%&#$$ se passou ali hoje %#$&#$&)

Sim, sou do Sporting e até já sei do que a casa gasta, não conto com jogos ganhos à partida. Se digo que estou nervosa antes de um jogo sei bem do que falo, já vi suficientes para saber que tudo pode acontecer. Mas hoje nem tenho reacção, foi o cair no abismo que tanta gente já previra.  

(&#%$&$$# raizuspartam mais o $%$&$& se não é um é outro)

E eu, eu tenho sempre esperança "ah, pode ser que não seja tão mau assim..." e depois... depois o Sá Pinto não leva Elias, Capel nem Carrillo, tira o Rinaudo, e eu acabo enterrada no sofá, amuada, a desejar um reset a tudo.