Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Da vida de Pi

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi... nilla. Uma espécie de director's cut, vá. Vivo de ler e escrever. De ler escritas, de escrever leituras, de debater termos e criar frases. Aqui escrevo da vidinha. Vidinha de Pi, é isso.

Da vida de Pi

29
Jul13

Kardashians. Assumo tudo

Pi

Os Kardashian. Só assim, sem mais nada. Porque são todos. 

Eu nunca me tinha dedicado ao clã Kardashian. Para mim, até há uns meses, existia uma Kim Kardashian e tudo era uma grande nuvem (pelo menos até à vida com Kanye). E era a Kim Kardashian neste tom "não sei, nem quero saber. Não percebo o dinheiro dessa gente nem o sucesso do dia para a noite só com uma sex tape. E muito menos quero saber do menine e essa Kardashian person. E agora não sei que pensar do Kanye West, estou perdida." E era isto, a maturidade de sempre portanto. 

Uma amiga, viciada em E! (e se aquilo vicia, pelo menos pessoas como eu que se deixam apanhar pelos TLC da vida, até já Ice Loves Coco estava a ver) falava-me nas irmãs, por alto, que eu quando não sei nem conheço sou uma seca. E eu, não sei bem como, há umas semanas comecei e já quase acabei de ver tudo. 

Sem medos. Sem problemas. Vi praticamente todos os Keeping Up With the Kardashians e os spin offs (sim, há spin offs). Fiquei a saber quem são, já as distingo dos Jonas Brothers - vestem-se melhor, é este o truque, aprendam - e pronto, é mais ou menos isto. Se fiquei mais rica? Não. Fiquei mais culta? Não, continuo com uma cultura pop/mainstream que só visto. Se me sabe bem ver trash tv? Tão, mas tão bem. 

Uma coisa ou outra? As manas têm dinheiro e cabelo que não acaba, o pai Kardashian (já falecido) defendeu OJ e a mom'ager Kris é que lhes trata das carreiras. Carreiras... Conheço melhor o Lamar Odom e o Bruce Jenner. As irmãs vestem, se não lindamente - isto dos gostos já se sabe, pessoalmente gosto de muita coisa que vejo - pelo menos caro, muito caro. A máquina está mais que a andar, aparecem, recebem para aparecer. Como por cá, mas em milhões. 

Depois o outro lado, e que acaba por ser o que dá o twist: as manas são bregas no trato e na vidinha em geral. Não se odeia nenhuma, não se adora nenhuma. Ou sim, mas à vez. Não, não se adora (nem se detesta). 

A coisa não liga: Louboutins, carteiras Chanel, calão e gritos casas (as casas...) fora. É uma sensação de belo horrível. Podia ser tudo perfeito e lindo, mas acaba sempre com gritaria e/ou comida cabeça abaixo.

Eu tive o meu treino com muitos Toddlers And Tiaras e a prova de fogo com Honey Boo Boo (não passei, vi 2, 3 episódios se tanto). Depois de TLC, as Kardashians parecem glamour. Mas só parecem.  

E depois vai acontecer-me o mesmo que com o America's Next Top Model. Vi tudo, lembro-me de quase nada. E assim é que está certo nestes casos. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D